Compre pelo WhatsAppCompre peloWhatsApp!

31 de Maio – Dia Mundial sem Tabaco: como e por que parar de fumar?

Dia Mundial Sem Tabaco

O dia 31 de maio é marcado pelo incentivo à informação antitabaco. A data foi criada pela OMS – Organização Mundial da Saúde em 1987, e visa combater o tabagismo e seus desdobramentos danosos à saúde, sociedade e meio ambiente.

Segundo a ANVISA, o consumo da substância é responsável por aproximadamente 7 milhões de mortes anuais no mundo e até 200 mil no Brasil, sendo a principal causa de morte evitável.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia – SBC pesquisou mais de mil pessoas de 70 cidades de médio tamanho e concluiu haver relação direta entre o tabaco e pobreza. Entre os fumantes, 46,8% recebem entre um e cinco salários mínimos, 24,5% até um mínimo, 14,5% entre cinco e dez mínimos e 14,1% acima de dez salários.

Em relação à escolaridade, 34,6% são analfabetos ou têm até o 4º ano do ensino fundamental, 36,8% dos fumantes têm até o oitavo ano do fundamental, 21,2% até o ensino médio e 7,4% têm curso superior. A concentração de fumantes é maior entre as pessoas com menos de oito anos de estudo. A Sociedade de Cardiologia do Estado de SP – SOCESP (Datafolha), descobriu que 95% dos cidadãos têm total consciência de que fumar é um fator de risco para complicações cardíacas.

Portanto, a alta taxa de fumantes só se explica pela dependência e pelos fatores comportamentais que dificultam o abandono do cigarro. É nesse quadro que a orientação médica/psicológica assume ainda maior importância, já que um tratamento adequado aumenta consideravelmente as chances de largar o cigarro.

O pulmão absorve rapidamente a nicotina. Em média, demora apenas 8 segundos para que a substância comece a agir no cérebro e desencadear uma série de respostas, como:

  • Aumento da pressão arterial;
  • Aumento da frequência cardíaca;
  • Diminuição da temperatura da pele;
  • Tontura;
  • Alteração da taxa respiratória.

A fumaça do cigarro possui 5315 substâncias. Em média, 4,7 mil delas são nocivas à saúde e 69 são comprovadamente cancerígenas.

Mas não para por aí, se forem consideradas as substâncias presentes no tabaco e os aditivos industriais, a número pode chegar a 8622 elementos presentes em um único cigarro.

Em geral, são adicionados componentes para dar sabor, amenizar a irritação das mucosas e regular a ação da nicotina.

Em contato com o organismo, a nicotina pode agir tanto como um estimulante, quando o fumante está com sono, quanto um relaxante, promovendo a redução imediata da ansiedade.

Os malefícios são tantos que, mesmo largando o cigarro, uma ex-fumante tem 2,45 anos de vida a menos que a média, enquanto um homem reduz 2,66 anos.

Atividade física para abandonar o tabagismo

“Quem pratica esporte, não costuma fumar”. Uma verdade com alto valor na luta contra o tabagismo. Após avaliação médica competente, iniciar atividade esportiva regular começar, por exemplo, pelas corridas por 2 ou 3km em 30 minutos, quatro vezes por semana, na intensidade moderada associado ao fortalecimento muscular de 30 minutos duas vezes por semana. A vantagem das corridas é poder participar em grupos, que se estimulam uns aos outros O incentivo para atividades esportivas, principalmente as coletivas, nas crianças e adolescentes, é altamente motivacional para afastá-las do tabagismo e outros vícios mais graves.

Benefícios de parar de fumar agora

  • Após 20 minutos, a pressão sanguínea e a pulsação voltam ao normal;
  • Após 2 horas, não há mais nicotina circulando no sangue;
  • Após 8 horas, o nível de oxigênio no sangue se normaliza;
  • Após 12 a 24 horas, os pulmões já funcionam melhor;
  • Após 2 dias, a percepção de cheiros e sabores é melhorada;
  • Após 3 semanas, dificuldades de respiração são amenizadas e o sangue circula melhor;
  • Após 1 ano, o risco de morte por infarto do miocárdio é reduzido pela metade;
  • Após 10 anos, o risco de sofrer infarto será igual ao das pessoas que nunca fumaram.

Os benefícios se estendem por toda a vida. As atividades rotineiras são facilitadas, por exemplo, caminhadas, corridas e idas à academia se tornam menos cansativas devido à melhora respiratória.

A pele sofre menos com ressecamento, sobretudo em períodos frios. Além disso, o cabelo e as unhas ficam com aspectos mais saudáveis.

 

31 de Maio - Dia Mundial sem Tabaco: como e por que parar de fumar? 1

 

Estratégias para largar o cigarro

Alguns especialistas sugerem que parar gradualmente pode ser uma alternativa menos difícil para quem possui altos níveis de dependência. No entanto, estudos publicados no Annals of Internal Medicine, sugerem que a redução gradual nem sempre gera resultados tão promissores.

Entre os participantes avaliados, aqueles que pararam drasticamente tiveram 25% a mais de sucesso em se manter longe da droga após 6 meses do início do tratamento.

Indiferente da medida adotada – drástica ou gradual -, algumas mudanças podem auxiliar nos bons resultados:

  • Mantenha-se ocupado com atividades prazerosas;
  • Invista em atividades físicas;
  • Busque auxílio de especialistas e profissionais;
  • Conscientize a família e os amigos sobre a sua decisão;
  • Evite situações associadas ao cigarro;
  • Evite o consumo de outras drogas, como o álcool;
  • Melhore a alimentação;
  • Reduza dos níveis de stress.

O dia 31 de maio incentiva se manter 24 horas longe do tabaco. Mas essa é apenas uma brecha para que o abandono da droga seja efetivado.

O tabagismo tem tratamento ofertado gratuitamente pelo SUS e pode promover mudanças em diversas esferas da vida paciente. Além disso, diminuir o consumo de tabaco reflete em diversas mudanças sociais, econômicas, políticas e ambientais.

Entre nessa campanha e compartilhe mais saúde!

 

Fonte: Minuto Saudável

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + onze =